Seja um ponto de luz e ajude a transformar o planeta !

Seja um terapeuta em TRE ! Uma nova revolução na saúde.

A TRE ( Terapia Regressiva Evolutiva ) uma nova e breve abordagem terapêutica, revoluciona os conceitos tradicionais de terapia e terapeuta.

Maiores informações acesse o link abaixo:

Mensalidades de R$ 550,00 reais.

Inscrições abertas …

Benefícios da Hipnose nos concursos públicos e vestibular

Estou divulgando aos meus queridos leitores e pacientes o trabalho eficaz e competente de Odair Campos Jr (fez a formação comigo em TRE (Terapia Regressiva Evolutiva), Programação Neurolinguística, e em Hipnose Ericksoniana desenvolvida pelo psiquiatra americano Milton Erickson).

O terapeuta holístico Odair Campos Jr, vem obtendo ótimos resultados na preparação psicológica, emocional e espiritual de candidatos em provas de concursos públicos e vestibular.

Há candidatos que se prepararam bem, estudaram muito, frequentaram assiduamente os cursos preparatórios, porém, no dia da prova são traídos pelo nervosismo excessivo, ansiedade exacerbada, a ponto de dar branco, não lembrar o que estudou, ou mesmo entrar numa confusão mental, dificuldade de concentração, etc., e, para agravar, sofrem a pressão psicológica de si e/ou de seus familiares.

Odair já atendeu inúmeros casos de candidatos que por não terem passado nas provas acabaram perdendo a autoestima e a autoconfiança.

É o caso de uma paciente que o procurou em nosso consultório, pois era a quarta vez que havia prestado o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); portanto, não conseguia tirar a carteira, o registro para advogar.

Depressiva, frustrada, e com baixa autoestima, aos prantos lhe disse que havia pensado em desistir de ser advogada, apesar de ter cursado cinco anos de faculdade e um ano de curso preparatório.

O terapeuta Odair utilizou com essa paciente as técnicas de dessensibilização sistemática, programação neurolinguística e hipnose.

Após ter passado por 10 sessões de hipnose, ela lhe deu a boa notícia de que finalmente havia sido aprovada no exame da OAB. Ficou impressionada, pois realmente nas provas (duas fases) estava calma, concentrada e autoconfiante.

Osvaldo Shimoda

Atendimento com o terapeuta holístico  Odair Campos Jr: de segunda-feira a domingo, das 8:00hs às 20:00hs , e nos feriados também ( Presencial ou via Skype ).

Agendamento por e-mail : odaircamposjr@uol.com.br ou WhatsApp (11) 94107-7222.

Consultas com duração de 1hora cada.

Consultas Avulsas -R$ 300,00

Pacote com 5 consultas – R$ 1200,00

Pacote com 10 consultas – R$ 2100,00

[VLOG] Você é evoluído espiritualmente?

Amigos, boa noite!

Mais um vídeo do meu vlog, trazendo alguns temas que permeiam a atualidade.

Você sabia que existem sete tipos de homens em relação à evoluição espiritual segundo o filósofo Ouspensky? Neste vídeo, falo sobre cada um dos tipos de forma breve e objetiva, e relaciono alguns deles com comportamentos mais comuns de extremismo.

Não se esqueça de se inscrever no meu canal e dar o seu “like”, tudo bem?

Um forte abraço!

Osvaldo Shimoda

É possível ser feliz com uma pessoa que não é sua alma gêmea?

Vazio interior, angústia, sensação de solidão, insatisfação, frustração, melancolia, tristeza, estas e outras queixas são as mais comuns que refletem o grau de insatisfação e infelicidade de homens e mulheres que vêm ao meu consultório em busca de seu verdadeiro amor.
É grande o número de pacientes que estão em constante busca de sua felicidade amorosa. Mas por quê?

Ao passarem pela TRE (Terapia Regressiva Evolutiva) – A Terapia do Mentor espiritual (ser desencarnado de elevada evolução espiritual, responsável diretamente pelo nosso aprimoramento espiritual) seus mentores espirituais lhes revelam que o vazio interior e sua insatisfação vêm do fato de estarem separados de suas almas gêmeas.

Ao reencarnarem, muitos pacientes se separaram de suas almas gêmeas – que ficaram no plano espiritual – para aprenderem algo, melhorarem como pessoas, mas seus mentores espirituais lhes orientam nessa terapia que essa separação temporária não significa que não possam ser felizes com outra pessoa. Podem e devem buscar serem felizes, pois a permanência na Terra é muito curta.

Não obstante, lamentavelmente, muitos homens e mulheres levam uma vida cheia de limitações, frustrações e angústias por não encontrarem seu verdadeiro amor. Muitos ainda buscam preencher esse vazio interior com drogas, bebidas, jogos, comer compulsivamente, ou procuram trabalhar em excesso (workaholic).

Veja a seguir, o caso de um paciente que veio ao meu consultório por sentir um vazio interior por não conseguir gostar verdadeiramente de nenhuma mulher. Apesar de ser uma pessoa bem-sucedida em sua profissão, ter uma boa casa, um bom emprego, não era feliz.

Caso Clínico:
Não consigo gostar verdadeiramente de nenhuma mulher
Homem de 34 anos, solteiro.

O paciente veio ao meu consultório e me relatou na entrevista de avaliação: “Dr. Osvaldo, eu o procurei porque desde que me conheço por gente sinto um grande vazio. Por ser filho único e por sentir falta de um irmão, achava que esse vazio vinha desse fato.
No entanto, o tempo passou, mas o vazio perdura e, hoje, com 34 anos, sou formado, trabalho na minha área onde sou bem-sucedido, enfim, tenho tudo que um cara precisa: boa casa, um bom emprego, gosto do que faço, sou muito bem remunerado, mas não consigo gostar verdadeiramente de uma mulher. Consigo tudo o que quero, no entanto,não fico feliz. Este mês, resolvi comprar um iate de cerca de 47 pés, até fiquei empolgado, mas quando o recebi dei uma volta e pronto: não senti mais nada. Quero saber, doutor Osvaldo, o porquê desse vazio e não conseguir amar uma mulher?

Após passar por duas sessões de regressão, na 3ª e última sessão, ele me relatou: – Vejo uma luz azulada… Acho que é um ser espiritual. Fala que é o meu mentor espiritual e diz que vai me mostrar uma vida passada… Vejo uma casa, um quintal, e três crianças brincando: são dois meninos e uma menina. São meus filhos… Agora, vejo uma mulher, ela está estendendo roupas brancas em um varal. Ele diz que é a minha esposa dessa existência passada. (pausa).
– O que mais você vê? – Pergunto ao paciente.

– Eu me aproximo e entro na casa. Ela é bonita, bem organizada e limpa. Sinto até o cheiro de comida! Sou médico, quando chego, os meus filhos vêm até mim, beijam-me e me abraçam. Que gostoso ver isso!
Vejo a mesa pronta para o jantar e a minha esposa, a Elisa; ela vem me dá um beijo caloroso e diz que o jantar já está pronto. (pausa).
Ela é uma pessoa muito boa e caridosa, vive ajudando os outros. (pausa).
Agora a vejo muito doente, está acamada… Aconteceu muito rápido, de uma hora pra outra me vi sem minha Elisa, foi o fim de minha vida (paciente fala chorando muito).
Não consegui aceitar a sua morte, e me isolei de tudo e de todos, acabei caindo na bebedeira. Os meus filhos foram para a casa dos avós e, em pouco tempo, também desencarnei. (pausa).
Agora me vejo em espírito no plano espiritual. O meu mentor espiritual afirma que desisti de viver ao cair na bebida, após o falecimento de minha esposa e, por isso, iria demorar em encontrá-la.
Depois de um tempo nos encontramos aqui no astral, ela estava linda e maravilhosa como sempre. Falou que estava preocupada comigo e com nossos filhos, mas deu uma notícia que não me agradou em nada, disse que eu precisava voltar, reencarnar sem ela. Eu não acreditei, tinha sofrido tanto por ela ter ido embora de forma tão rápida me abandonando e, agora, me fala que eu terei que voltar sem ela? Isso é um absurdo! (paciente fala chorando). (pausa).
Dr. Osvaldo estou vendo aqui no consultório um ser espiritual, uma silhueta de uma mulher… É ela, minha Elisa. Meu Deus! Isso não está acontecendo… É você, Elisa?!

– Sim, meu amor, sou eu. Que bom que nos encontramos! Estou muito orgulhosa de você. Porém, precisa terminar o que começou, principalmente com relação aos nossos filhos. Você precisa casar e ter nossos filhos, eles precisam reencarnar.

– E quanto a nós? O que faço? Eu sinto um grande vazio, uma dor insuportável, minha vida não faz sentido sem você!

– Eu sei, meu querido, também sinto o mesmo que você; porém, precisamos cumprir o que nos predispomos a fazer no plano espiritual para que possamos ficar juntos de novo. Essa separação fará com que cresçamos e depois disso ficaremos juntos.

Você precisa deixar-se apaixonar, é um homem bem-sucedido, bonito, que precisa ser amado e amar. Terá que casar, ter os nossos filhos, e a pessoa que você irá casar é uma boa moça.

– Mas ela não é minha alma gêmea!!!
– Não, meu querido, ela não é sua alma gêmea, mas muitos acabam se separando de suas almas para aprenderem algo, melhorarem como pessoas, e isso não quer dizer que não possam ser felizes. Podem e devem buscar serem felizes, pois a permanência na Terra é muito curta e muitos são os obstáculos. Mas em breve, meu querido, estaremos juntos.

– Não sei se consigo fazer uma mulher feliz…
– Conseguirá sim, claro que conseguirá! Estarei sempre com você, meu querido, ajudando-o. Mas precisa se abrir para a vida. Eu o amo e lembre-se: o amor liberta! Lembre-se também que depois desta vida não vamos nos separar mais, ficaremos juntos para sempre.

O paciente não parava de chorar, sentia uma mistura de alegria e tristeza… Mas, aos poucos, acalmando-se entendeu que tinha uma missão a cumprir na vida atual e precisava fazer o melhor para poder reencontrá-la, e veio a entender também que apesar dessa moça que iria conhecer não ser sua alma gêmea, iria respeitá-la e fazer de tudo para sua família ser feliz.

Um ano após o tratamento, o paciente me mandou e-mail dizendo que estava noivo, e que já estava com o seu casamento marcado. E um detalhe importante: não sentia mais aquele vazio.

[VLOG] Alma Gêmea

Olá amigos!

Trago mais um vídeo pra vocês, desta vez com um tema que é bastante popular: Alma Gêmea.

Vários pacientes vêm me procurar com dúvidas a respeito da vida amorosa, relacionamentos e desventuras relacionadas ao tema.

Alguns sentem saudade de algo que não sabem o que é, ou alguém que nem conhecem, e passam a vida toda buscando o “par ideal”. Assista ao vídeo e saiba mais sobre o tema!

Compartilhem, curtam, e nos mandem sugestões de temas, ok?

Um forte abraço,
Osvaldo Shimoda