Transtorno Bipolar: Doença Mental ou Mediunidade?

É inegável o grande avanço nas últimas décadas dos psicofármacos no tratamento de distúrbios de humor como depressão e os transtornos de ansiedade como a Síndrome do Pânico. Sem dúvida, o emprego de remédios nos casos mais agudos de depressão e crises de pânico, ou em casos mais complexos de outras perturbações mentais, exige não só o uso de medicamentos como uma internação hospitalar.

Entretanto, sabemos que o uso contínuo de medicamentos gera dependência e efeitos colaterais indesejáveis. Por isso, é quase que um consenso por parte de muitos psiquiatras tratarem os pacientes com o uso de medicamentos associados à psicoterapia. Mas defendo uma psicoterapia que trate também da enfermidade da alma, do espírito, e não só do psicológico. Neste aspecto, o fato de muitos psiquiatras e psicólogos ainda não considerarem o ser humano como dotado de uma alma, de um espírito e, portanto, se estruturarem em bases materialistas, puramente organicista, dificulta qualquer iniciativa de uma análise mais profunda do Ser.

Em vista disso, há muitas doenças que a psiquiatria não consegue curar por se tratar de transtornos de origem espiritual.

Veja, como exemplo, o caso de uma paciente que atendi na TRE (Terapia Regressiva Evolutiva) – A Terapia do Mentor Espiritual – método terapêutico de autoconhecimento e cura criada por mim em 2006, que busca unir a ciência psicológica com a espiritualidade, e que foi diagnosticada pelo seu psiquiatra de transtorno bipolar (transtorno mental em que o paciente alterna estados de euforia e depressão, além de fases de normalidade intercaladas).

Caso Clínico:

Transtorno Bipolar

Mulher de 35 anos, solteira.

Paciente me procurou querendo entender por que teve um surto psicótico, ou seja, entrou na fase de euforia por sofrer de transtorno bipolar. Após o surto tornou-se agressiva com sua família e acabou se distanciando. Queria saber também por que o casamento de seus pais não dera certo, e qual o seu verdadeiro caminho profissional e espiritual, bem como seu principal aprendizado, lição maior nesta vida.

Após passar por algumas sessões de regressão, na última sessão, ela me relatou: “Eu me vejo no topo de uma montanha, onde há seres de luz – homens e mulheres – que vestem túnicas brancas. (pausa).

Vejo agora outro ser de luz, um homem, que também está de túnica branca, e se aproxima de mim. Ele é branco, cabelos pretos, rosto quadrado, é muito bonito, aparenta ter uns 30 anos. Fala que é o meu mentor espiritual (ser desencarnado de elevada evolução espiritual, responsável diretamente pelo nosso crescimento espiritual). Ele explica que preciso ser cuidada… Estou deitada numa maca, alguns seres emanam luz para mim, e outros ficam em oração. (pausa).

Meu mentor espiritual me esclarece que eles estão tirando as máculas (manchas) de meu perispírito (corpo espiritual), e que preciso me restaurar.

Pergunto se ele pode me responder em relação aos meus problemas. Ele me pede um tempo, diz que depois responde no que puder, pois ainda não terminaram o tratamento que estão fazendo comigo. (pausa).

Meu mentor espiritual fala que já terminaram, agora me leva perto de uma árvore para a gente conversar. (pausa).

Eu lhe pergunto por que tive aquele surto psicótico?

Responde que o surto não foi uma punição, mas, sim, para eu rever a minha vida, pois não estava usando a minha mediunidade como deveria, e estava também me tornando uma pessoa arrogante e egoísta.

Revela também que entrei em surto para sentir na pele, perceber como ficaria sem minha família e, com isso, valorizá-la, pois não estava fazendo isso, estava me tornando muito materialista. Confirma que realmente tive um transtorno bipolar porque eles decidiram que eu deveria passar por essa experiência como um aprendizado, mas que daqui para frente não vou mais ter a bipolaridade, pois foi também um chamado para eu conhecer os seres de luz, através dessa terapia, a TRE”.

– Pergunte-lhe se houve interferência dos seres das trevas no surto que você teve?

“Ele explica que as pessoas que eu andava estavam acompanhadas de seres das trevas que me levaram a beber, fazer sexo por fazer”.

– O que fez você levar uma vida desregrada, promíscua?

“Fala que eu deixei ser influenciada por más companhias e acabei perdendo a minha própria identidade. Fala ainda que o meu atual namorado serviu de ponte da espiritualidade para me trazer a essa terapia. Diz que não preciso mais continuar a tomar a medicação, mas afirma que se eu continuar a levar aquela vida desregrada, vão tomar outras medidas.

Diz ainda que o meu atual namorado gosta muito de mim e que provavelmente não vai me levar para os lugares que frequentava”.

– Pergunte ao seu mentor espiritual qual o seu verdadeiro caminho espiritual?

“Diz que sou um espírito muito amado por eles, que com o tempo vou saber o meu caminho espiritual, mas que na verdade a resposta está dentro de mim”.

– Pergunte-lhe qual é o seu principal aprendizado, lição maior nesta vida?

“Fala que tenho que aprender a perdoar e encaminhar alguns familiares para essa terapia porque eles também vão sentir o perdão dentro deles, caso venham a fazer a TRE. Fala ainda que tenho que cuidar dos que estão próximos de mim porque sou um espírito protetor. Diz que a minha família vai ficar muito orgulhosa de mim se escolher a minha verdadeira profissão que é na Polícia Federal (agente federal) porque o meu instinto protetor é muito aguçado.

– Por que o casamento de seus pais não deu certo?

“Diz que o meu pai é um espírito raivoso e que por isso era inevitável acontecer essa separação, mas que a minha vinda como filha foi uma tentativa para que eles aprendessem a se amar. Por isso, reitera mais uma vez para que os traga a essa terapia”.

 

Anúncios

6 comentários em “Transtorno Bipolar: Doença Mental ou Mediunidade?

    1. Olá Fernando é muito complicado ajudar alguém que não quer ser ajudado , não adianta forçar nada , sugiro que de forma tranquila mostre este artigo que escrevi , assim como outros em meu site sobre diversos assuntos , precisamos fazer com que ele goste do assunto e pense que poderia ser ajudado também , porém isso deve vir dele diretamente , fique com Deus a até.

      Curtir

  1. Boa tarde Dr., Boa tarde Fernando!
    Isso que o Dr. falou realmente ajuda, porque minha mãe tb tinha uns probleminhas e eu imprimia os casos e dava pra ela. Ela gostava, e chegou a me pedir a tão mencionada oração do perdão, hoje ela está bem melhor, e já cogitou de fazer a TRE. Vale a pena tentar!

    Curtir

  2. as maculas das garotas de programa vem por exemplo do abuso do sexo e outras coisas; e a maçonaria onde existe como Apostolo Santigo…..o gorila que faz qualquer merda por dinheiro…..egresso do presidio do mineirão…em minha cidade…..os torturadores; covardes e assassinos…..estão soltos…legião urbana….eu não sou ateu….mas não sou cretino a ponto acreditar em toda essa droga…..toda essa merda de purifiçao,,,,,,,,uma coisa lá não muito certa….cretinos…..mokiti okada…..aqueles que se dizem cristão e nunca o foram lembre-se do que DDDDDeus que diz atraves,,,,,,,de Paulo………. terei misericórdia de quem eu quiser ter……um Deus que disse……a muito tempo…..e que entende os motivos de todos…..quem pecou mais …. quem errou mais…. quem foi mais impio impuro……e imprestavel…..jãnios……qualquer pessoa com bom senso e sensata sabe….a resposta….caganeira é purificação de quem só faz cagada na vida…… alem do mais garota de programa…tem uma vantagem as vips não são banraguetes….boa diarréia…pura purificação

    Curtir

Os comentários estão fechados.