Como surgiu a TRE?

Antes de conhecer a TVP, exercia a psicologia nos moldes tradicionais como psicólogo e psicoterapeuta, mas não apresentava resultados satisfatórios com os meus pacientes. E mesmo exercendo a técnica desse americano, a TVP, os resultados não me apresentaram ainda satisfatórios.

Até que, numa das sessões de regressão, uma paciente me disse: “Dr. Osvaldo, eles pedem para dizer ao senhor que vão daqui para frente orientar o nosso trabalho, vão alinhar os meus chacras(centros energéticos do corpo); daí a minha dificuldade de regredir, de romper a barreira de minha memória”.

Atônito, perguntei à paciente: “Eles quem?!”
“O meu mentor espiritual e os amigos do Astral Superior”, respondeu a paciente.

A partir daí, sob a orientação do mentor espiritual de cada paciente, o meu trabalho deu um salto qualitativo e quantitativo, inúmeros casos passaram a ser equacionados. Desta forma, me conscientizei que não estava sozinho nesse trabalho, que tinha também uma assessoria espiritual do Astral Superior me ajudando, e que era parte integrante dessa equipe maravilhosa.

Assim surgiu a TRE – Uma nova e breve abordagem de terapia, fruto das orientações dos mentores espirituais dos pacientes.

A TRE, assim denominei, por 5 motivos:

1º) É regressiva porque a regressão de memória é o seu instrumento principal de autoconhecimento e cura;

2º) É evolutiva porque colabora na evolução espiritual do paciente;

3º) É evolutiva também porque é uma terapia progressista, ou seja, seu método terapêutico está sempre em evolução, transformação.

4º) O mentor espiritual (ser desencarnado, responsável diretamente pela nossa evolução espiritual ) do paciente que conduz o processo terapêutico, e , como terapeuta, sou um facilitador da abertura de comunicação entre ambos.

5°) Portanto, essa terapia busca revolucionar os conceitos tradicionais de terapia e terapeuta.

 

Anúncios